logo-incomisa
CASE INCOMISA
11 de novembro de 2014
logo-sei
CASE SEI-BA
21 de dezembro de 2014

CASE DNIT

logo-dnit

Contexto

 

Com a finalidade cumprir as suas atribuições legais, iniciou-se pela Coordenação Geral de Planejamento e Programação de Investimentos CGPLAN/DPP um estudo para desenvolver, com a utilização de novas tecnologias de geoprocessamento, um sistema de informações e estatísticas visando subsidiar o Planejamento da Infraestrutura Federal de Transportes e as atividades relativas às propostas de programação de investimentos plurianual, anual e programas especiais.

  • Foram identificadas as principais dificuldades que limitavam os processos de decisão no âmbito da CGPLAN/DPP:
  • Base de informações desatualizadas sobre a qualidade das vias;
  • Dificuldade de identificação da abrangência geográfica dos contratos;
  • Falta de um cadastro da malha federal de viação relativo aos outros modais de transporte;
  • Iniciativas isoladas entre as coordenações na formação dos bancos de
  • dados;
  • E, principalmente, as constantes alterações na estruturação nos segmentos da Rede Rodoviária Federal, representada pela Divisão em Trechos do PNV, hoje um sistema totalmente desconexo dos demais gerando dificuldades para a realização das atividades do DNIT.

A partir desta realidade, a CGPLAN/DPP iniciou a utilização de geotecnologias visando à integração das bases existentes e disseminação das informações produzidas pela área de planejamento do órgão. Este avanço procurou refletir, simultaneamente, as interações alfanuméricas e vetoriais.

DNIT-1 DNIT-graficos-dinamicos DNIT-roteamento

 

O Projeto

 

O Projeto DNIT teve duas fases distintas. A primeira fase teve ênfase no Levantamento por GPS das rodovias Pavimentadas do Brasil e confecção de Mapas Multimodais. A Segunda fase foi focada no desenvolvimento de um Sistema Web/Intranet com tecnologia para manutenção e Atualização da base Georreferênciada da Infra- Estrutura Federal de Transportes com Integração dos sistemas de Cadastro de Trechos do PNV, sob-responsabilidade do DNIT.

A tecnologia utilizada na segunda fase, foi a ESRI composta pelos Módulos, ESRI ArcGis for Server, ArcGis Desktop, ArcGis Server Network Extension para Enterprise, Network, Data Interoperability e Banco de Dados Oracle 12g.

 

Fase I

  • Consistiu no Levantamento GPS de aproximadamente 65.000 km de rodovias Pavimentadas em todo o Brasil;
  • Mapeamento de Pontes Viadutos e Pontos Notáveis existentes ao longo das rodovias com registro fotográficoconsistiu;
  • Produção dos mapas Multimodais dos Estados e do Brasil;
  • Desenvolvimento de um Sistema Web/Intranet de visualização de dados.

 

Fase II 

  • Desenvolvimento e implantação de um Banco de Dados corporativo.
  • Manutenção nas bases gráficas georreferenciadas dos modais Rodoviários, Ferroviários, Hidroviários e Portuários de responsabilidade do DNIT.
  • Desenvolvimento e implantação de um sistema Web corporativo.
  • Integração dos dados utilizados pelas coordenações da DPP na base de dados geográficos
  • Levantamento cadastral das rodovias implantadas, em obras de pavimentação e pavimentadas do Sistema Federal de Viação. A malha levantada na segunda fase consistiu em aproximadamente 12.000 km de rodovias Federais e Coincidentes Estaduais.

 

  • Cadastramento de imagens de satélite no banco de dados geográficos da DPP/DNIT. Processamento de aproximadamente 1.265 Cenas Cbers coloridas.
  • Capacitação dos técnicos do DNIT através de treinamentos. Foram realizados 4 treinamentos perfazendo praticamente 20 horas por treinamento.
  • Definição dos fatores de restrição das diretrizes das rodovias planejadas do Sistema Federal de Viação. Geração de um mapa apresentando classes que representam os fatores de restrições em rodovias planejadas de todo o Brasil.
  • Definição de uma metodologia para desenvolvimento do Sistema de Cadastro do PNV, integrado para os modais de transportes sob administração do DNIT em ambiente Web. Desenvolvido um sistema para gestão de cadastro de SNV Rodoviário, Ferroviário, Hidroviário e Portuário integrado as bases de dados georreferenciadas.

O projeto teve duração de 24 meses.

 

Principais Aplicações

 

  • Consulta a dados dos SNV Rodoviários, Ferroviários, Hidroviários e Portuários;
  • Visualização integrada das bases georreferenciadas do DNIT em ambiente único;
  • Análises sobre a malha rodoviária mapeada por GPS;
  • Cadastro de informações alfanuméricas e georreferenciadas num mesmo ambiente;
  • Gestão de informações georreferenciadas dos Modais.

 

Benefícios gerais do Projeto

 

Hoje o DNIT possui uma malha de rodovias Federais Pavimentadas contempladas em quase sua totalidade por Mapeamento GPS que possibilita ao DNIT maior confiabilidade na tomada de decisões relacionadas à gestão dos trechos pertencentes ao SNV.

Todos os dados do projeto encontram-se armazenados diretamente no Banco de Dados Oracle, e disponibilizado em uma interface Web/Intranet, trazendo agilidade no processo de consulta de dados georreferenciados.

As integrações realizadas no projeto, como exemplo dados especializados de VMD, permitem a assimilação mais eficiente da distribuição da informação nas rodovias.

 

Produtos Entregues

 

  • Banco de Dados corporativo
  • Sistema Web/Intranet (Mapa, Interfaces de SNVs, Temáticos, Usuário Regional
  • Treinamentos
  • Imagens de Satélite
  • Cadernos Metodológicos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *