logo-cecs
CASE CECS
23 de julho de 2014
logo-dnit
CASE DNIT
19 de dezembro de 2014

CASE INCOMISA

logo-incomisa

Contexto

Com a demanda por expansão da rede elétrica existente em áreas de interesse ao desenvolvimento nacional, após vencer o certame público para Concessão do LOTE D do Leilão 007/2012 da ANEEL, a Incomisa, empresa multinacional em franca expansão no Brasil, deu início aos estudos de área para definição do traçado da linha de transmissão denominada LT 500kV Marimbondo II – Assis. Com 296,5 km de extensão, a obra é parte de um trabalho mais amplo da empresa que possui outras linhas de transmissão em construção por todo o país.

Para a correta alocação desta LT de alta voltagem , a Incomisa contratou a Engemap, em parceria com a Altais, para a realização do Estudo de Traçado, Levantamento Cadastral de Propriedades, Implantação de Traçado e Locação de Torres com Seções Diagonais. Uma das exigências da Incomisa foi a agilidade no projeto, para que se atendesse aos prazos estabelecidos pela Concessão, ocasionando no máximo de produtividade e economia em diversos sentidos.

Um dos principais desafios desta obra foi garantir a preservação ambiental e qualidade de vida das populações e propriedades alcançadas pelo empreendimento. Houve diversas restrições ambientais que precisaram ser respeitadas devido à incidência de resquícios de Mata Atlântica em vários pontos. Além disso, do ponto de vista da obra em si, um grande obstáculo vencido foi o cruzamento da LT com o Rio Tietê, onde foi necessário um estudo aprofundado e sistêmico para que, através da Topografia, se pudesse escolher a melhor opção para efetuar o cruzamento.

Com vasta experiência em projetos de mapeamento para o Setor Elétrico, a Engemap investiu esforços na obtenção de dados de precisão com agilidade para que, além da definição do traçado, ocorresse o melhor aproveitamento da área em termos de produtividade, preservando ao máximo o meio ambiente e as populações no entorno da obra.

incomisa incomisa

Solução

 

Buscando a melhor relação custo-benefício ao cliente, a Engemap realizou o mapeamento com a utilização de equipamento laser (LIDAR) aerotransportado, combinado com fotogrametria. Esta metodologia é comprovadamente mais rápida do que o uso isolado da topografia convencional.
O mapeamento, realizado por perfilamento a laser e aerofotogrametria gerou uma nuvem com densidade de 3 pontos/m² e ortofotos com 20cm de resolução espacial.

É importante salientar que as peças técnicas são consideravelmente beneficiadas, uma vez que, possuindo imagens atualizadas dos traçados, estas são inseridas juntamente com as Plantas Perfil e Plantas Cadastrais, o que possibilita a vantagem na negociação com os proprietários e subsidia as analises técnicas.

Ainda compreendendo o escopo do projeto, foram gerados os seguintes produtos: planta do traçado, plantas de travessias, arquivos PLSCADD, perfil geral para o meio ambiente, e planilha e plantas comentadas da locação de torres e seções diagonais.

 

Resultados

 

A utilização da tecnologia LASER aerotransportado para trabalhos de topografia comprovou-se um componente essencial para ganho de agilidade, possibilitando a aquisição de dados muito mais rápida que a convencional e, consequentemente, ganhos consideráveis de prazo em projetos desta magnitude. Além disso, com esta metodologia, por coletar uma faixa de 800 metros (400 metros para cada lado a partir do eixo do traçado), é possível estabelecer uma margem de segurança para alterações de traçados quando necessárias. As vantagens se evidenciam no decorrer de negociações fundiárias, estudos do relevo e da fundação pela engenharia e, mais especificamente neste projeto, em relação ao meio ambiente, sendo possível preservar os resquícios de Mata Atlântica apontados pelo IBAMA, dentro da área de abrangência do projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *